• Almanza

Seguro de Vida: o que é o DIT?


O DIT - Diária de Incapacidade Temporária - é um plano diferenciado de Seguro de Vida. Ele cobre financeiramente o segurado em caso de afastamento temporário. Essa cobertura é diária e individual. Neste texto vamos explicar um pouco como essa diária funciona e algumas causas de incapacidade.


Causas da incapacidade temporária


Quando se pensa em Seguro de Vida ou incapacidade, é comum lembrar de doenças mais graves ou até morte, mas o DIT está relacionado a problemas de saúde mais comuns, como:

  • LER: lesão por esforço repetitivo. A famosa tendinite é um bom exemplo dessas lesões. Dores musculares e na região lombar também podem ser causadas pela repetição de algum movimento. No entanto, é configurado como LER quando as dores passam do estágio crônico e viram inflamações ou doenças.

  • DORT: distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho. Sabe aquela dor na lombar que aparece sempre ao final de um dia de trabalho? Ela pode ser configurada como DORT. No entanto, aqui falamos de dores crônicas que são causadas por movimentos repetitivos.

  • Hérnia. Uma das causas mais comuns é o esforço repetitivo ou levantamento de peso excessivo. Os sintomas podem ser inchaço, dor no local afetado e náuseas. Neste caso, pode ser necessário realizar uma cirurgia, resultando em incapacidade temporária.

As incapacidades temporárias são mais comuns do que imaginamos. Além dessas citadas, acidentes pessoais também podem levar a um afastamento, dependendo de sua gravidade.


Como o DIT pode ajudar?


Agora que você já sabe os possíveis motivos para precisar dele, vamos entender melhor o DIT.

O primeiro passo é provar a incapacidade. Como em qualquer seguro, para evitar fraudes, é preciso que você tenha um comprovante de que realmente precisa da diária. Este pode ser um atestado médico ou empresarial. São documentos de fácil acesso, considerando que a empresa em que trabalha precisa ser notificada do afastamento, e para comprovar a incapacidade no trabalho é necessário um laudo médico. Então, provar a condição não será nenhum problema.

Após a comprovação da incapacidade, a seguradora pode ter um prazo para liberar o auxílio. Isso pode variar de acordo com o contrato de trabalho do requerente. Além disso, a seguradora precisa fazer cálculos das diárias que serão pagas. Mas não se preocupe. Na hora de conversar com um consultor ou antes de fechar o contrato, você pode tirar essas dúvidas.

Depois de checar os documentos e prazos, a seguradora começa a fazer os pagamentos diários. O valor pode variar de acordo com a renda do segurado ou plano contratado.


Quem tem direito ao DIT?


Diferente de um Seguro de Vida comum, a única pessoa que recebe a diária é o segurado. É importante lembrar que o DIT é um seguro temporário. A seguradora não irá fazer depósitos para sempre. Sendo assim, não há necessidade de dependentes receberem o auxílio.

Ainda sim, DIT é uma ótima opção de Seguro de Vida, isto porque ele cobre pequenos imprevistos que as pessoas possam ter durante a vida. Quem nunca sentiu uma dorzinha no ombro ou na mão por escrever muito, ou dores na lombar por ficar muito tempo sentado ou carregar muito peso? A diária de incapacidade temporária existe para cuidar desse tipo de situação.

O fato de saber que, se algo acontecer, você estará coberto, já é um ponto positivo. Afinal de contas, a vida não para, as contas continuam chegando e você ainda terá necessidades básicas, mesmo que um acidente aconteça. Ter um Seguro de Vida é a melhor forma de se precaver.

Outro ponto positivo do DIT é que qualquer um que tenha uma renda fixa comprovada pode contratar o plano. O valor da diária é baseado neste fator ou no valor pago no plano. Isto quer dizer que se o contratante quiser receber um valor que cubra integralmente a sua renda mensal, ele pagará à seguradora uma quantidade condizente a esse valor.

Se interessou pelo DIT? Fale com um consultor e veja o melhor plano para você.