• Almanza

Por que adotar programas de nutrição e combate à obesidade nas empresas?


O combate à obesidade nas empresas, indústria e comércio está cada vez mais popular. A iniciativa costuma partir dos próprios funcionários, que buscam se alimentar melhor e acabam influenciando nos hábitos dos colegas de trabalho. Contudo, também existem empregadores que são adeptos aos programas de nutrição nas empresas.


A obesidade é considerada uma doença e está relacionada a uma série de outras enfermidades. Alguns médicos atribuem o problema a uma patologia crônica, outros acreditam ser comportamental. O fato é que pode prejudicar seus portadores.


Preparamos este artigo para mostrar como esse problema pode interferir diretamente na rotina de trabalho e também no desempenho das empresas como um todo. Além disso, falaremos sobre a importância de combatê-lo. Confira!


Como a obesidade prejudica o colaborador


O fato de a obesidade ser uma doença com várias outras relacionadas pode ser muito prejudicial ao trabalhador. Veja alguma das patologias ligadas ao excesso de peso:


  • hipertensão;

  • diabetes;

  • asma;

  • problemas nas articulações, como joelhos.

Essas enfermidades podem causar um impacto negativo na sua assiduidade. Há também outras formas do profissional portador desses problemas ser prejudicado no ambiente laboral.


Dependendo da função desempenhada, o portador dessa doença não consegue efetuar as atividades com a agilidade necessária e leva mais tempo para concluir algumas tarefas, o que pode afetar na produtividade. Esse é o fenômeno conhecido como presenteísmo.


Obviamente, restringir a contratação desses profissionais não é uma escolha inteligente, já que o peso não interfere na capacidade intelectual de um colaborador e existem diversos outros fatores ligados a falta de motivação e eficiência dos funcionários de uma empresa.


O combate à obesidade nas empresas, por meio de programas de nutrição nas empresas, visa preservar a vida dos trabalhadores de maneira geral, uma vez que a boa alimentação pode impactar no bem-estar e na motivação da equipe como um todo.


A importância da medicina preventiva


Atividades para o combate à obesidade nas empresas são consideradas ações de medicina preventiva, que visam garantir o bem-estar dos funcionários e têm como consequência a melhoria da produtividade.


A prática tem o objetivo de prevenir lesões, doenças e acidentes e, como já exposto anteriormente, o sobrepeso na prática de algumas atividades pode trazer alguns contratempos.


Vamos exemplificar: o seu melhor vendedor pode lesionar o joelho ao pegar uma mercadoria em uma prateleira mais alta, ou levar a sua zeladora mais caprichosa a apresentar muitos atestados por precisar de endoscopias em curtos intervalos de tempo, motivadas por uma gastrite constante.


Esses problemas podem ser resolvidos ou amenizados com programas de nutrição nas empresas, que vão ensinar a essa mulher como se alimentar para prevenir essas dores, ao mesmo tempo em que o vendedor poderá perder peso e não sobrecarregar os joelhos.


Um empreendimento não sobrevive sem os seus funcionários. Mantê-los engajados e motivados é essencial para que uma organização obtenha bons resultados. Além disso, essas ações atuam como um importante benefício para atração e fidelização de talentos, reforçando a employer branding.


Quer saber mais sobre o combate a obesidade nas empresas e os programas de nutrição nas empresas? Siga a página da Almanza Corretora de Seguros no Facebook e no Instagram. Até breve!